Seguidores

sábado, 31 de dezembro de 2011

ORAÇÃO DE ANO NOVO

ORAÇÃO DE ANO NOVO

Senhor Deus, dono do tempo e da eternidade,

teu é o hoje e o amanhã, o passado e o futuro.

Ao acabar mais um ano, quero te dizer obrigado

por tudo aquilo que recebi de Ti.

Obrigado pela vida e pelo amor, pelas flores, pelo ar

e pelo sol, pela alegria e pela dor,

pelo que é possível e pelo que não foi.

Ofereço-te tudo o que fiz neste ano, o trabalho

que pude realizar, as coisas que passaram pelas minhas mãos

e o que com elas pude construir.

Apresento-te as pessoas que ao longo destes meses amei,

as amizades novas e os e os amigos de longa data,

os que estão perto de mim e os que estão mais longe,

os que me deram sua mão e aqueles que pude ajudar,

os com quem compartilhei a vida, o trabalho, a dor e a alegria.

Mas também, Senhor, hoje quero Te pedir perdão.

Perdão pelo tempo perdido, pelo dinheiro mal gasto,

pela palavra inútil e o amor que não pude oferecer.

Perdão pelas obras vazias e pelo trabalho mal feito,

perdão por viver sem entusiasmo.

Também pela oração que aos poucos fui adiando

e que agora venho apresentar-te, por todos meus olvidos,

descuidos e silêncios, novamente te peço perdão.

Nos próximos dias começaremos um novo ano. Paro

a minha vida diante do novo calendário que ainda não se iniciou

e Te apresento estes dias,

que somente Tu sabes se chegarei a vivê-los.

Hoje, Te peço para mim, Para meu Dono e Senhor, meus parentes e amigos, a paz e a alegria,

a fortaleza e a prudência, a lucidez e a sabedoria.

Quero viver cada dia com otimismo e bondade,

levando a toda parte um coração cheio de compreensão e paz.

Fecha meus ouvidos a toda falsidade e meus lábios a palavras

mentirosas, egoístas ou que magoem.

Abre, sim, meu ser a tudo o que é bom.

Que meu espírito seja repleto somente de bênçãos

para que as derrame por onde eu passar.

Senhor, a meus amigos que lêem esta mensagem,

enche-os de sabedoria, paz e amor. E que nossa amizade dure

para sempre em nossos corações.

Enche-me, também, de bondade e alegria, para que

todas as pessoas que eu encontrar no meu caminho

possam descobrir em mim um pouquinho de Ti.

Dá-nos um ano feliz, e ensina-nos a repartir felicidade.

Amém.



quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

FELIZ 1 ANO E 5 MESES





Mais um mes se passou, 1 ano e cinco meses, primeiro ano que passamos inteirinho juntos, ano de aprendizados, dificuldades, companheirismo, cumplicidade, prazer e amor. Certamente não foi o ano dos mais fáceis pra nós, passamos muitas dificuldades e ainda passamos, mas acho que pra muita gente foi assim, um ano de muita luta, mas o mais importante que nada disso abalou a nossa relação, o sentimento que sentimos um pelo outro, esse se manteve firme e forte sempre, um apoiando o outro em cada obstáculo, ajudando a supera-lo e assim o ano se passou.



Saimos dele conhecendo mais um do outro e mais fortes, sabendo que não é qualquer coisa que pode abalar o sentimento que nos une e que podemos ter certeza que temos um ao outro pra contar sempre. Isso que mais importa.




Quero te agradecer por mais um mes ao meu lado, e que saiba de a cada dia lhe amo mais e te admiro mais em tudo, que a cada dia tenho mais certeza de que fiz a escolha certa em colocar em tuas mãos o meu corpo, a minha alma, o meu coração e minha vida em sua totalidade. O senhor me ensinou muito e sei que ainda aprenderei muito mais tendo como Dono alguém como o Senhor.




Neste ano que esta nos dando boas vindas, que seja um ano de novas experiências, de oportunidades, sonhos realizados, obstaculos vencidos, sensações e prazeres intensos, paz no corpo e no coração e amor constantemente, em cada segundo, durante todo o ano. Saiba que se depender de sua escravinha, somente coisas boas virão este ano.




Quero aproveitar para desejar aos nossos amigos, seguidores e leitores do nosso cantinho, um feliz 2012, que seja um ano de muita luz, prosperidade, saúde, paz e amor pra todos e agradecer por todo o carinho que recebemos dessas pessoas tão queridas que acompanharam nossa história durante este ano, dizer que conto com a presença de vocês aqui no ano que bem e que adoramos todos voces.




Obrigada a Todos




DOM MARCOS e {Selena}_D.M.

domingo, 25 de dezembro de 2011

NOSSO NATAL



Natal é uma data de significados variados, muitos ficam eufóricos com planejamento de viagens, presentes pra todos, aquela mesa farta de coisas gostosas, reunião de familia, uma festa geral. Outros veêm esta data como momento de reflexão, buscando mais o significado espiritual que ela representa, o nascimento de Jesus e já outros misturam sentimentos, relembrando natais anteriores ao lado de pessoas que não estão mais entre nós fisicamente.






Eu me enquadro nessa ultima categoria, a ausência de uma pessoa muito especial em minha vida, que já se encontra em outro plano, meu pai, me deixa em estado mais reflexivo, sei que talvez não seja algo muito saudável a se fazer, mas é mais forte do que eu, esse sentimento de saudade me domina nessas datas, e o que eu mais quero é ficar no meu cantinho esperando tudo isso passar.






Mas felizmente tenho um Dono maravilhoso que já me conhece bem e não me deixa cair, não ia deixar que nosso Natal, mesmo que antecipado passasse como um dia qualquer. Como muitos sabem eu passo o que muitas subs passam tendo Donos casados, não podendo estar ao lado deles nessas datas, mas ao contrário de muitos que simplesmente evaporam nessas épocas, meu Dono se fez mais presente que nunca não no dia em si, mas um dia antes disso.



Dono planejou uma boa parte do dia juntos, nos encontramos no shopping na hora do almoço, cadelinha bem arrumada, gostosa e cheirosa como Dono gosta de ver. Encontra-lo a minha espera é sempre um momento especial pra mim, olhar em seus olhos, aquele sorriso encantadoramente safado me deixa de pernas moles.






Assim que cheguei logo Dono me pegou pela mão dizendo "AGORA VAMOS AS COMPRAS", a frase que toda mulher sonha em ouvir...rs. Entrando na loja Dono pegou várias peças para experimentar, tudo que ele mais gosta de me ver usando, eu achei um exagero, mas obedeci suas ordens...UM SACRIFIIIIIIICIO...RS, pena que ele não pode entrar no provador para ver como ficaram, se pudesse ainda ia aproveitar pra tirar uma casquinha dele...rs, mas ele acreditou que ficaram ao seu agrado e encheu sua cadelinha de mimos de Natal, Dono fez questão que eu fosse ao banheiro por um vestido e calçar a sandalia que deu, queria ver como ficou, Obedeci e quando sai do banheiro ele me olhou satisfeito com o que via, e saiu todo feliz desfilando sua cadelinha pelo shopping. Fomos tb comprar o presente dele, fiquei maravilhada com a praticidade dele em adquirir algo, entramos na loja ele automaticamente bateu o olho na vitrine e escolheu o que queria, provou, gostou, eu paguei e saimos, nem 10 min ficamos na loja, se fosse eu estaria rodando o shopping até agora procurando o presente...kkkkkk.






Fomos almoçar, depois fomos ao cinema, e como sempre pouco presto atenção no filme e curto muito mais o meu brinquedinho, fazendo carinho nele para ser bem alimentada como presente...rs. Meu banquete, diga se de passagem!!!



Dia maravilhoso, presentes lindos, comida deliciosa, companhia mais que especial. Pena que chegara a hora de ir pra casa e a tristeza começa a aparecer, Dono conversa muito comido, tentando me animar, me fazer ver o lado bom das coisas, as perspectivas para os próximos natais. A esperança me invade, e me animo um pouco. Então o que posso dizer:






Dono






Como sempre não tenho como lhe agradecer por esse dia, que foi delicioso, agradecer pelos presentes maravilhosos, mas o maior presente de todos, é pertencer ao Senhor, te-lo como Dono e namorado é meu maior presente, estar ao seu lado mesmo que apenas olhando para Ti é um presente de valor inestimável, então obrigada por ser meu maior presente



Te Amo

De sua sempre

{Selena}_D.M.

SELINHO



Presentinho de Natal de minha irmãzinha de coração Luaila, muito obrigada amiga, vc sabe o quanto vc é importante pra mim, como nossa amizade é valiosa, foi um dos melhores presentes que meu Dono poderia ter me dado. Uma amiga pra todas as horas, sincera e verdadeira. Te amo amiga


Como a maioria das meninas já receberam o selinho, deixo a vontade para quem não recebeu leva-lo para o seu cantinho


Beijos

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Pequenos gestos, Grandes Sentimentos...



Eu gostaria de saber quem foi que inventou a TPM, se eu encontrasse com ele (a) hoje, certamente eu mataria sem o menor remorso.

Que dia meu Deus!!!

Passado o dia cantarolando aos quatro cantos, feliz da vida pq iria encontrar o Dono a noite. Iamos passear na Rua Normândia, pedido meu.

Marcamos de nos encontrar num shopping, só que infelizmente graças ao caótico transito de são paulo, sabia que não conseguiria chegar lá no horário e nem sabia a que horas chegaria. Liguei para o Dono quase que em prantos, soltando raios pelos olhos e fogo pelas orelhas, dizendo que nao chegaria a tempo. Dono manda eu voltar pra casa, parecia que uma dinamite explodiu em mim, tamanha a decepção que senti, não por ter me mandando voltar, mas por ter sido culpa minha ter me atrasado, já que podia ter ido direto do trabalho pra lá, mas preferi passar em casa.

Ele ligou e eu explodi com ele também, falei alto, respondi, esbravejei como pude a minha revolta, e ele como sempre mantendo a calma, e me colocando no devido lugar. No ônibus manda eu me esfregar em alguém e excita-lo, obedeci fazendo o maior bico do mundo e lágrimas nos olhos. Ele sabia que eu estava descontente com a tarefa, mas queria mostrar quem mandava na relação, certamente é e sempre será ele.

Ordenou que chegando em casa eu me aprontasse e fosse pra academia, outra reação de rebeldia da cadela, contestei dizendo que não queria ir e ele com voz veemente ordenou que fosse. Mais uma vez ordem cumprida, com bico de novo. Durante o treino Dono me liga perguntando se faltava muito para terminar, eu disse que não, olho para o lado da recepção, e vejo meu Dono lindo com o mais lindo dos sorrisos em olhando. Que felicidade ve-lo!!! Terminei o treino e fui correndo beija-lo, fomos para o carro e lá ele me entrega esse mimo que ele trouxe da viagem de trabalho que fez hoje. A raiva evaporou e deu lugar ao remorso. Como pude eu ser tão rebelde com alguém que amo tanto e que sempre pensa em mim, sempre faz de tudo pra me agradar e me ver feliz.

Ele entendeu que estou de TPM e das bravas, ele já viu muitas minhas e sabe como são, tira de letra apesar deu sentir culpa por eu agir de forma tão impulsiva e descontrolada, por isso Dono: PERDÃO, PERDOE SUA CADELINHA IMPULSIVA E NERVOSINHA, como gosta de dizer. Quero que saiba que atos tão impulsivos, não significam que não o respeito, muito pelo contrário, eu o respeito demais, o amo de todo o coração, respiro para o senhor e nunca faria nada proposital para magoá-lo, eu sei que é injustificavel tal ação, mas vou colocar a culpa no inventor da TPM....rs. Ele que inventou essa maldição feminina e tormento masculino, mas pense pelo lado positivo, são poucos dias de tempestade que logo passa e sobra o restante do mes de sol lindo e quente.

TE amo Dono

De sua cadelinha

{Selena}_D.M.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

LAVANDO ROUPA SUJA

Minha cara,
Venho pessoalmente agradecer o esclarecimento, é bom termos pessoas assim em nosso circulo de amizade.
Uma pena não poder tomar partido e sair em defesa de atena tb, ela me decepcionou mto. Descobri com toda essa confusão a pessoa q é, sem carater, falsa, suja, covarde. Aquilo naum é nem nunca foi sub, ao contrario de vc linda mocinha, q eu iria sentir-me honrado em te-la.
Atena é um ser q naum merece nossa atenção ou confiança, acredita q enquanto portava minha coleira fazia sessão avulsa com outros doms? pois é minha cara amiga, acabei por descobrir, imagina minha frustração.
Atena pra mim naum passa hj de uma piranha, uma vagabunda suja, despresivel e descartavel. Mas a vida continua, bola pre frente.

Beijos mocinha linda.

15 de novembro de 2011 07:53


É a primeira vez que vejo uma coisa dessa, alguém vir até o meu canto e de meu Dono difamar descaradamente outra pessoa, ainda mais alguém que gosto muito e respeito, como Atenas, é lamentável. Senão bastasse a atitude totalmente sem ética desse sujeito, nem ter se dado ao trabalho de saber meu nome chamando me de "minha cara", não sou sua cara, sou {Selena}_DOM MARCOS, alguém que está nesse meio a 5 anos e desde então nunca vi tamanha baixeza e covardia com a que estou presenciando agora. Dispenso os elogios que me fez, já que claramente demostrou nem me conhecer e ter desrespeitado a mim e meu Dono vindo aqui falar esses absurdos. Diz que teria orgulho em ter me, eu jamais pertenceria a alguém desse nivel.

Agora eu pergunto: QUE PESSOAS ESSAS QUE ESTÃO CIRCULANDO EM NOSSO MEIO?, que usam espaços alheios para lavar roupa suja, total falta de respeito comigo e para com meu Dono, estou indignada.

Senão bastasse esse ato intolerável, o Blogger nao me permite comentar meu próprio blog, é desrespeito em todo lugar, mas não poderia deixar de alertar aos amigos que carinhosamente visitam meu blog e de meu Dono dos tipos de pessoas a que estamos sujeitos.

Querida Atenas não se preocupe, pois quem te conhece sabe da tua luz, sabe quão séria e ética que voce é, esse sujeito com certeza vive na escuridão e a luz alheia incomoda muito. Alguém tão baixo que nem mostra a cara e se esconde em nicks.

VOCÊ É DIGNO DE PENA, DE DESPREZO

sábado, 12 de novembro de 2011

E MAIS UMA ETAPA CUMPRIDA






A quem diga que a submissa e a mulher vivem separadamente dentro de uma pessoa, eu duvido que exista, pelo menos em mim não, eu até achei que sim, mas tive a prova de que não tenho essa capacidade. Existem relações em que a dominação é um fator predominante, quase que exclusivo, todos sabem os seus lugares dentro desta relação e tudo flui muito bem. Agora, quando existe uma vida baunilha envolvida, a situação muda completamente de figura, encorporar papéis adequados a certos tipos de situação é tarefa complicada, comportamentos e sentimentos se misturam e nem sempre entram em sintonia, foi o que aconteceu comigo essa semana.

Marcando um encontro com meu Dono esta semana, ele pergunta se eu queria encontra-lo num motel ou irmos a um clube de swing onde vamos de vez em quando. Fazia tempo que não íamos nos divertir, então opitei pelo clube. "Você vai trepar muito hoje!!!" responde ele num torpedo. Provocante e tentador, não é? Seria, se eu não conhece bem meu dono e soubesse que tinha algo diferente nessa afirmação.

Chegando lá, observamos o ambiente, casa lotada, olhares para mim que usava roupa provocativa, homens de todos os tipos e idades me comendo com os olhos, num outro dia eu nem me importaria com isso, pois sabia que seria apenas olhares, meu Dono não permitiria que nenhum me tocasse, porém hj eu tinha a sensação de que não seria bem assim. Dono pede uma bebida pra mim, não costumo beber, mas Dono disse que me queria mais relaxada pra aproveitar a noite. Bebo rapidamente o drink, senti a cabeça meio tonta.






Fomos para tipo um labirinto que fica no fundo do clube, tinham alguns casais transando por onde passamos, achamos um cantinho vazio onde ficamos ja algumas vezes. Logo meu Dono tira seu pau para que eu o chupe, logo agacho e começo a chupa-lo enquanto um cara observa pelo vidro do lado de fora, em seguida um outro encosta do outro lado e pergunta algo ao Dono que não entendi direito, só escuto o Dono falando para o cara: "Você tem camisinha?" Todo o calor do meu corpo virou gelo em segundos, eu não acreditava no que ouvia. Esse assunto já foi conversado entre nós diversas vezes, nunca como uma fantasia de nenhum de nós dóis, mas como uma prova, uma situação que era necessária para ambos.

Enquanto o convidado colocava a camisinha meu Dono ordenava que eu tirasse a calcinha e virasse. A submissa baixou completamente em mim, obedeci prontamente a ordem e virei me ao convidado que me penetrou sem nenhum cuidado. Senti uma dor na hora, não somente com a penetração mas uma dor no coração pelo que estava fazendo. Eu estava cumprindo uma ordem, certo? Dono ordenou que eu o fizesse, certo? Certo!!! Porém isso não aliviava nada pra mim. Continuei chupando meu Dono enquanto o convidado se servia de mim, mil coisas passaram na minha cabeça. Em momento algum pensei em me rebelar e descumprir a ordem do meu Dono, muito pelo contrário, o que passava era como seria depois que aquilo acabasse. Como seria nossa relação depois disso? Tive medo que ele deixasse de me amar, que sentisse repulsa por mim, que não me olhasse mais da mesma forma. Tive medo de perder a jóia mais preciosa que tenho na vida.






Dono viu que o convidado estava demorando muito e disse a ele que precisavamos ir, ele parou, se recompos, agradeceu e saiu. Dono mandou que eu me vestir tb e saimos, sai de cabeça baixa sem ter coragem de olha-lo nos olhos. Dono me conhece bem e sabia que eu não me divertia com aquilo. Fomos para a parte de cima do clube e ficamos na varanda somente os dois, Dono queria se servia de sua cadela, madou que eu o chupasse novamente, fiz novamente olhando para baixo, eu podia sentir o sorriso dele por cima de mim, o pau dele mostrava o tesão que estava sentindo, mais duro do que nunca. Ele perguntava se eu estava bem, queria saber o que senti sendo comida por outro, a voz não saia. Colocou me de 4 e me comeu em cima do banco, varios homens olhando do lado de fora, Dono chama um deles pra entrar e se servir, eu gelo novamente, felizmente o cara desistiu quando Dono lhe disse que seria tudo de camisinha. Dono me vira de frente pra eles, e pede para eu olha-los enquanto me come. Logo que percebeu que eu olhava pra eles gozou fartamente dentro de mim, podia sentir seu pau latejando muito em mim. Ordenou que eu beijasse seus pés para todos verem. Beijei com eles me olhando sem entender bem o que ocorria, sem saberem que era meu Dono e Senhor a quem eu venerava naquele momento. Nos vestimos e saimos, eu novamente de olhos no chão e meu Dono segurando em meu pescoço.






Resolveu que era hora de ir, passamos mais uma etapa. Quando saimos Dono pegou me nas mãos, olhou me nos olhos e disse que não foi fácil para ele tb, que ele teve que pensar como Dominador que estava mostrando a sua submissa quem manda. Mas que o namorado estava enfurecido, louco pra quebrar a cara dele por tocar na sua mulher. Me abraçou com carinho enquanto eu me desmanchei em lágrimas, envergonhada...

Como eu disse, o corpo era da submissa cumprindo a ordem do Dono, mas a mulher permaneceu lá, todo o tempo me atormentado. Mas como ele disse foi uma situação que precisavamos passar, Graças a Deus passou e espero que não se repita.

domingo, 6 de novembro de 2011

E onde está o valor de uma submissa?

É fácil amar alguém quando tudo vai bem, não é?


É fácil estar ao lado de alguém cuja vida vai às mil maravilhas, tudo no seu devido lugar, paz e felicidade plena, ser Dono de alguém assim então é mais fácil ainda. Não há nada a se fazer a não ser usufruir de uma sub nestas condições, não há queixas, nem lamentações, problemas a resolver, uma maravilha, mas não é nessas horas que descobrimos o sentido verdadeiro da palavra DONO? Aquele que esta conosco pra nos guiar e conduzir, nos ajudar a sermos pessoas melhores, fortes.?
Pelo menos eu penso que sim. Acredito que seja nas horas difíceis, nas adversidades da vida que descobrimos se temos ou não um Dono de verdade, alguém disposto a nos adestrar, ensinar e cuidar, segurar firme em nossas mãos e nos guiar pelo melhor caminho, o caminho que nos fará crescer, aprender com nossos erros, nos equilibrar diante dos tropeços da vida, nos erguer depois de tombos.


Acho que muitos não aguentam o tranco, acham que já possuem problemas demais pra se preocuparem com problemas de outros, mesmo que esse outro seja sua própria escrava, aquela que se entregou de corpo e alma a lhe servir e dar prazer. Aquela lhe colocou em suas mãos seu corpo, sua alma, seu coração, sua vida...muitas vezes abdicando de sua própria vida a lhe trazer mais felicidade, tranquilidade, prazer. Então pq tantos assim chamados "DOMINADORES" abandonam suas escravas quando elas mais precisam? Eu não consigo entender.

Escuto tantos falarem que suas escravas são jóias raras, e num momento difícil as abandonam e as tratam como um pedaço de latão enferrujado, é lamentavel isso. Pq algo tão precioso quanto a servidão de uma escrava, um presente tão caro oferecido a um Dominador está sendo tão mal aproveitado? Por isso tantas estão abandonando o desejo de servir, por não encontrarem alguém que mereça e saiba valorizar essa entrega tão valiosa e rara nos dias de hoje. Nosso meio esta perdendo muitas jóias raras, por terem caído nas mãos de alguém que não soube lapida-las como merecia. Eu tive essa experiência, sei o quanto decepciona, o quanto é difícl encontrar energia para prosseguir. Graças a Deus existem várias exceções, DOMINADORES sérios que valorizam suas submissas e as transformam em jóias cada vez mais belas.


Tenho muita sorte, acho que até mais sorte que eu mereça, pois agora mais que nunca, em 1 ano e 3 meses de servidão sei que tenho um DONO de verdade, alguém que está comigo não somente para usufruir em horas boas, mas pra cuidar e guiar nas mais difíceis, que segura firme em minhas mãos e não me deixa desabar, quando penso não ter vontade de prosseguir.

Hoje estou feliz, pertencendo a uma pessoa que é tudo pra mim, muito mais que um Dono, ele sabe disso, mas nunca sabemos o dia de amanha, não sabemos se algo venha a por um término na nossa relação (Obviamente eu espero que esse dia nunca chegue...rs), se isso ocorrer, eu tenho certeza que ele foi meu último Dono, não tenho mais energia de me aventurar em ter outro, não com tudo que venho observando nesse meio.

Enquanto isso vou vivendo minha relação, dia após dia, aproveitando cada segundo que tenho ao lado do meu amado dono DOM MARCOS e a ele dedico esse poema lindo que reflete o nosso momento.

SONETO DE FIDELIDADE

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.


(Vinícius de Moraes)



sábado, 29 de outubro de 2011

1 ANO E 3 MESES




A um ano e tres meses atras surgia na minha vida uma pessoa muito especial




Alguém que a primeira vista era uma pessoa comum




Que talvez sim, talvez não faria parte de minha história no BDSM




Alguém que talvez viria ser meu Dom e me usaria como mero objeto de prazer




E que usufruiria de meu corpo e de minha servidão por certo tempo




Nunca imaginaria que atras desses vagos pensamentos que rondaram minha mente neste instante




Surgiria um amor tão intenso, porém sutil




Completo e ao mesmo tempo parcial




Simples e complexo




Doce e amargo




Fácil e difícil




Todos esses adjetivos que juntos transformam esse sentimento em alimento




Alimento de meu coração e minha alma




Combustível que me move cada segundo de minha vida




E que faz eu entender que somos meramente




Extensão um do outro








Te amo DOM MARCOS




Obrigada por fazer parte de minha vida por mais um mes




Beijos




De sua cadela, submissa, escrava, puta, amiga, companheira, cumplice, namorada e mulher




{Selena}_D.M.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

TUA MENINA





Adoro quando me chama
“Minha menina”
E no meu corpo nu brinca, se diverte
faz me seu parque de diversões..
Seu brinquedo favorito.
Sempre serei “Tua menina”
que faz manha para ganhar a atenção do Dono
Um afago, um carinho...
Sempre serei seu brinquedo
Brincadeiras de criança, doce, esperança
Beijos quente, línguas assanhadas
Mel da juventude...
Sempre serei “Tua menina”
Que adora fazer travessuras
Para ser colocada no seu colo
Levar boas palmadas
Menina levada




Tua cadela, tua puta
Abro-te minhas janelas
Perca-se no meu labirinto
Seja sorridente, assanhado, louco
Alucinado,atrevido , tarado




Hoje sou tua mulher
Me deixe a perigo desejando teu corpo
E totalmente nua, nos arroubos dos teus beijos
Entonteço com tua ternura
Hoje sou tua mulher
Já tirei a tua roupa
E no universo paralelo do quarto
Me enrosco em Ti
Hoje sou tua mulher...
Mas sempre serei
“Tua menina”

domingo, 9 de outubro de 2011

PRÊMIO ALMA SUBMISSA



Recebi esse presente da querida {sub-mara}LORD DEIMOS.
Obrigada querida


Regras:


1- Indicar 7 blogs para receber o prêmio;

2- Avisar o oferecimento do prêmio aos merecedores;

3- Escrever um trecho de poesia ou algo que retrate uma submissão de alma;

4- Deixar um comentário no blog de quem ofereceu o prêmio


Estes são os blogs que indico o prêmio, espero que gostem meninas


http://diariodeluaila.blogspot.com
http://almadlikda.blogspot.com/
http://sonhoseencantosdeumasubmissa.blogspot.com/
http://yukarioriental.blogspot.com/
http://subeli1.blogspot.com/
http://subquietinha.blogspot.com/
http://subflornit.blogspot.com/


"Pode até ser que seja louca


De desejar-te sem limites


De amar incodicionalmente


Amor este que mantém me presa


E ao mesmo tempo a mais livre das criaturas


Sentir-me sozinha e abraçando o mundo sempre que sou tocada por Ti


Mãos que me presenteiam com a dor ansiada


E o prazer desejado


Amor puro e simples


Amor louco e insano


Meu amor por Ti


Dono de mim"

sábado, 8 de outubro de 2011

DESEJO INSANO



De onde vem esse desejo louco
Que me acorda no meio da noite
Quente, ofegante e úmida.
Sentindo teu cheiro que me entorpece
Sentindo teu gosto sem te chupar
Sentindo dentro de mim sem me usar
Orgasmos solitários de uma cadela
Cadela no cio querendo seu Dono
Desejo ser usada por ti
Meu Dono, meu homem.


Que agonia
Não consigo mais ficar sem te servir
Sem ser usada por ti
Nem por um segundo sequer
Minha pele transpira desejo por Ti
Escorre meu cio desenfreado

Preciso de sua mão forte
Batendo na cara da sua puta vadia
Segurando forte em meus cabelos
Mostrando-me que não tenho vontades próprias
Que minhas vontades são as tuas vontades
Que meu prazer está no seu prazer
Que sou tua única peça
Peça pra servir
Ao Dono de mim

domingo, 25 de setembro de 2011

DEFEITO DA MULHER



Quando Deus fez a mulher já estava em seu sexto dia de trabalho fazendo horas extras.
Um anjo apareceu e Lhe disse: "Por quê leva tanto tempo nisto?"

E o Senhor respondeu: "Já viu a minha ficha de especificações para ela?"
Deve ser completamente lavável, mas sem ser de plástico, ter mais de 200 peças móveis e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa, até sobras, ter um colo que possa acomodar uma, duas, três, quatro... crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa
curar desde um joelho arranhado até um coração partido, e fará tudo isto
somente com duas mãos."

O anjo se maravilhou com as especificações.
"somente duas mãos....Impossível!"
e este é somente o modelo básico?
É muito trabalho para um dia...Espere até amanhã para terminá-la."

Isso não, protestou o Senhor. Estou tão perto de terminar esta criação que é favorita de
Meu próprio coração.
Ela se cura sozinha quando está doente e
pode trabalhar jornadas de 18 horas."

O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.

"mas o Senhor a fez tão suave..."
“É suave, disse Deus, mas a fiz também forte. Você não tem idéia do que pode aguentar ou conseguir”.

"Será capaz de pensar?" perguntou o anjo.

Deus respondeu:
“Não somente será capaz de pensar mas também de raciocinar e de negociar”

O anjo então notou algo e estendendo a mão tocou a bochecha da mulher....
"Senhor, parece que este modelo tem um vazamento...
Eu lhe disse que estava colocando muita coisa nela..."

"Isso não é nenhum vazamento... é uma lágrima" corrigindo-o o Senhor.

"Para que serve a lágrima," perguntou o anjo.

e Deus disse:
"As lágrimas são sua maneira de
expressar seu destino, sua pena, seu desengano, seu
amor, sua solidão, seu sofrimento, e seu orgulho."

Isto impressionou muito ao anjo "O Senhor é um gênio, pensou em tudo. A mulher é
verdadeiramente maravilhosa"

“Sim é!
A mulher tem forças que maravilham aos homens.
Aguenta dificuldades, leva grandes cargas,
mas tem felicidade, amor e alegria.
Sorri quando quer gritar.
Canta quando quer chorar. Chora quando
está feliz e ri quando está nervosa.


Luta pelo que crê.
Enfrenta à injustiça.
Não aceita "não" como resposta quando
crê que há uma solução melhor.
Priva-se para que a sua família possa ter o melhor.
Vai ao médico com uma amiga que tem medo de ir.
Ama incondicionalmente.

Chora quando seus filhos triunfam e se alegra
quando seus amigos ganham prêmios.
Fica feliz quando ouve sobre um
nascimento ou um casamento.

Seu coração se parte quando morre uma amiga.
Sofre com a perda de um ente querido, entretanto é forte quando pensa que já não
há mais forças.
Sabe que um beijo e um abraço
pode ajudar a curar um coração partido.


Entretanto, há um defeito na mulher:


É que ela se esquece o quanto vale.



Recebi esse texto de uma amiga, e achei muito adequado para nos fazer lembrar da nossa força, do nosso valor, que as vezes se perde nesse nosso mundo BDSM, onde por muitas vezes achamos que nosso Dono é prioridade máxima em nossa vida.

Nossa maior prioridade é nós mesmas, nossa prioridade é nossa felicidade, nosso bem estar, nossa segurança...Devemos nos amar em primeiro lugar, só saberemos doar amor ao outro quando soubermos amar a nós mesmos.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

NOSSOS PASSOS



Na minha vida tive pessoas caminhando atrás de mim
Vigiando os meus passos sem se importar com o caminho a seguir
Tive pessoas andando a minha frente
Andando a passos largos, preocupados consigo mesmo sem notar que eu estava atrás.
Mas a vida muda,
Pessoas vêm e vão em nossas vidas
Pessoas que entram e nos deixam amargas, desconfiadas de tudo e todos.
Pessoas que saem como entraram, sem deixar marca alguma, nem boa e nem má.
Mas a vida mudou
E certa noite pude perceber que minha noite estava diferente
Que eu não tinha alguém andando atrás de mim e nem a minha frente
Percebi que não caminharia sozinha pra sempre
Percebi que tinha um anjo ao meu lado
Que sempre esta me oferecendo tudo que pode
Até quando eu não faço por merecer
Tem sempre um abraço reconfortante quando estou com medo de algo
Tem sempre um sorriso largo quando estou meio amarga com a vida
Tem sempre um olhar carinhoso quando estou zangada com alguma coisa
E hoje tudo isso faz parte da minha vida
Tudo isso me completa
E com tudo isso te entreguei meu corpo, minha alma, meu coração, minha vida...
E a cada batida do meu coração, cada ar que respirar cada pensamento meu.
É dedicado somente a ti, Senhor e Dono de Mim.
O Anjo que sempre está comigo, em meu coração e na minha mente.
E mesmo nos dias que não está ao meu lado de corpo presente como gostaríamos que fossem todos os dias
Vou me lembrar que Deus me enviou um Anjo
Que não sou mais sozinha

sábado, 27 de agosto de 2011

PRIMEIRO ANO JUNTOS









Nosso primeiro aniversário. Quem diria, neh Dono!!! Ainda parece que estou sonhando, sonhando com esse último ano que vivi ao seu lado. Quando lhe vi essa semana na porta do meu trabalho com esse buquet de rosas lindo nas mãos e no rosto o sorriso mais lindo do mundo, veio imediatamente em minha mente a imagem de quando vi esse sorriso pela primeira vez, foi um pouco mais de um ano atrás eu sei, lembro me como se fosse hoje das sensações que senti nesse momento, um misto de excitação de desconfiança, afinal havia saído de relacionamentos SM frustados que encheram meu coração de medo e receio que meu sonho de submissão houvesse terminado. Porém desde o início mostrou me o Dominador e homem sério que é, primeiramente por respeitar uma aposta que havia feito com uma pessoa, eu poderia quebrar essa aposta a qualquer momento que não haveria mal algum, mas logo me mostrou o quão é importante a palavra de uma pessoa, que eu deveria honrar com ela até o último instante, e assim me esperou, aguardou o término da aposta e assim que tudo terminou me tornei sua e tem sido assim desde então.








Temos um relacionamento fora da liturgia como muitos dizem, fomos apontados e criticados por muitos, ditos no meio como sendo um casal desestruturado, fora dos padrões, mas nada disso nos incomodou e mudou a verdadeira essência de nossa relação, nada mudou o próposito que tinhamos um com o outro. Também muitos torceram e ainda torcem por nossa felicidade, aqueles que nos conhecem de verdade sabe o quanto somos sérios e íntegros, e que respeitamos as "nossas regras" aquelas não ditadas por ninguem, mas aquelas que temos como exemplo de vida, que nos foram dadas por nossos pais, os valores da vida, do respeito ao próximo, do amor puro e da verdade absoluta, essas sim regem a nossa relação. Temos um relacionamento baunilha tb, mas isso não diminui meu respeito pelo Senhor, sou sua escrava, entreguei minha vida, minha alma, meu corpo e meu coração para fazer dele o instrumento do seu prazer e felicidade, para fazer o que quiser dele, e não me arrependo nem por um segundo da decisão que tomei, o Senhor foi a melhor coisa que me aconteceu e agradeço a Deus todos os dias por te-lo posto em meu caminho.








Eu tenho tantas coisas pra dizer, tanto a lhe agradecer por tudo que fez e faz todos os dias por mim, que não teria palavras que expressassem com exatidão o que sinto pelo Senhor, meu Dono. Encontrou uma sub triste, amarga, insegura, desleixada (sim, feia e mal cuidada), que não acreditava mais nas pessoas e muito menos em si própria. Dia após dia foi me mostrando o meu verdadeiro eu, o poder e força que existiam dentro de mim e que nem eu mesma me dava conta que existiam. Ensinou me que eu deveria me amar acima de tudo, que só me amando me cuidando me respeitando me valorizando eu poderia ser uma ótima submissa, que não era me rebaixando que eu conseguiria ser boa a ninguém. Não foi tarefa fácil e ainda não é, tem vicios que adquirimos ao longo dos anos que é difícil de perder, mas sei que melhorei muito, que não sou nem sombra da submissa de 4 anos atrás, na verdade eu só me lembro dela como uma sombra que fui um dia, não desmereço os Dons que passaram pela minha vida, todos tiveram sua importância e gosto de pensar que eles foram pontes para que eu chegasse até o Senhor, sou gratas a todos eles.








Mas o passado deve ficar exatamente onde está, lá trás e lembrado apenas como recordações e lições aprendidas, hoje o que nos importa é o presente que vivemos, a felicidade que me proporciona todos os dias, grandes e pequenos gestos que tem para comigo que faz me sentir a mulher mais cuidada, amada e protegida do mundo. Que sou sua submissa sim, só que não sou uma mulher fraca, que minha submissão é a maior força que tenho em mim e que é o maior presente que posso ofertar e que somente o Senhor é merecedor desse presente e valoriza muito isso em mim. Saiba que és hoje a pessoa mais importante da minha vida, que eu lhe admiro em todos os sentidos, como dominador, homem, namorado, amigo, profissional, pai, em tudo mesmo. Tudo que sou hoje é graças ao Senhor e espero poder retribuir tudo isso trabalhando cada dia para me tornar a submissa e mulher que sonha que eu seja, não uma submissa dependente e limitada, mas uma submissa e mulher forte, determinada que tudo pode. Tudo isso claro guiada e orientada por meu Senhor. Como diz esse é o primeiro de muitos anos que nos aguardam, mas posso dizer que hoje sou uma mulher muito feliz e realizada, pq lhe conheci, pq permitiu me fazer parte de sua vida, hoje é meu Dono, amigo, companheiro, cúmplice, pai, mentor, namorado, amante, homem, mestre, em resumo hoje é tudo pra mim. Saiba que a tornozeleira com suas iniciais será mais uma coleira, assim com a coleira de sessão e aliança. todos sempre comigo como prova da minha submissão, do meu compromisso e do meu amor ao Senhor.





Obrigada por tudo




Te amo demais




De sua eterna




{Selena}_DOM MARCOS





domingo, 31 de julho de 2011

PEDIDO DE PERDÃO



Um dia eu magoei
Magoei a quem amo
Magoei por não ser perfeito
Magoei sem saber ou pensar no que estava fazendo.



Um dia eu fui magoada
Magoada pela minha imperfeição
Magoada por minha suscetibilidade
Magoada no meu orgulho.




O amor sempre vence
Vence tudo o que nos aflige
Vence todos que se prejudicam
Vence a mim.





Mais uma vez eu peço perdão
Perdão a quem amo
Perdão com o mais profundo sentimento
Perdão pela mágoa provocada.

Um dia eu magoei
Um dia eu fui magoada
O amor sempre vence
Mais uma vez eu peço perdão.

(Autor: Felipe Mollati)







quinta-feira, 28 de julho de 2011

É errando e apanhando que se aprende....



Sempre ouvi dizer que submissa morre pela boca, se morre eu não sei, mas que apanha, apanha!!! e não é pouco, não!!! O pior é que não aprende, acho que é da natureza da mulher falar demais, natureza ou não pelo menos vou pensar um milhão de vezes antes de abrir minha boca pra responder ao meu Dono.



Essa semana passeando pelos blogs me deparei com uma postagem da Catlin_DS contando a experiência dela com o castigo aplicado pelo Dono dela, fiquei até espantada com a semelhança com a minha experiência. As subs são mais parecidas dos que parecem!! Pensei eu. Mesmos erros, mesmos castigos...



A verdade é que essa semana deveria ser de comemoração, Dono e eu completamos 11 meses juntos, 11 meses de entrega, servidão, dedicação e muito amor, 11 meses de aprendizados e moldagem de uma sub que tem muito a aprender. Dono estava chateado comigo, andei falando mais do que devia e pensando o que não devia, acho que por nossa relação ir além do BDSM eu acabei meio que esquecendo meu lugar de sub e a dele de DONO, pois essa semana ele fez me lembrar o meu lugar, e duramente.



Dono pediu pra que eu o encontrasse no shopping depois do trabalho, passei o dia ansiosa aguardando o momento de ve-lo, estava morrendo de saudades de abraça-lo, beija-lo, senti-lo. Acabou o expediente e fui correndo pro shopping, Dono me manda um torpedo dizendo pra eu aguarda-lo e que enquanto isso flertasse com as mulheres que me chamassem atenção por lá e me excitasse com a situação, Dono sabe que isso é bastante constrangedor pra mim e que faço isso pra ve-lo feliz mas não é a mais divertida e excitante das tarefas que ele me dá. Mas como eu sabia que o Dono andava de pavio curto pro meu lado achei melhor não dar motivos pra ira dele aumentar. Fiquei andando pelo shopping observando as mulheres, resolvi tentar algo na praça de alimentação, comprei um refrigerante e andei por entre as mesas procurando a minha "vítima", encontrei uma que me chamou a atenção e me sentei na sua frente e a encarei sem pudor, ela de principio ficou meio sem entender, mas depois que percebeu que estava sendo paquerada começou a olhar feio, achei melhor trocar de lugar. Encontrei outra e fiz a mesma coisa, mas acho que ela estava esperando alguem que estava atrasado, pois nao parava de olhar para o relógio de cara feia. Eu mandava torpedos pra ele contando os resultados e ele parecia nao se incomodar com minha aflição. Disse a ele que estava muito estranho comigo.



Dono mandou uma mensagem mandando eu me hospedar no motel e espera-lo nua na cama. GOSTEI DA IDÉIA!!!pensei comigo. Fui pra lá, chegando no quarto tirei a roupa e mandei uma mensagem com o numero do quarto, não demorou muito pra que ele chegasse, abri a porta toda safada me escondendo atras da porta, mas ele não estava com uma cara das melhores. Fechou a porta e foi logo tirando o cinto da calça dizendo que ia me mostrar quem estava estranho. Acho que fiquei branca feito cera com aquilo, mandou eu ficar de quatro na cama e me deu uma surra de cinta, com vontade, eu logo estava chorando alto e desesperada. Ele parou e falou pra eu preparar o banho dele, me pegou forte pelos cabelos me guiando até o banheiro. Preparei o banho e mandou que eu tomasse o meu primeiro, tomei rapidamente ainda chorando com a situação, me sequei e ia voltando pro quarto quando escuto: EU NÃO MANDEI VC SAIR, VAI ME DAR BANHO. Comecei a dar banho nele pelas costas, quando comecei a lavar a frente, ajoelhada no chão do boxe ele ergue a minha cabeça e cospe no meu rosto, várias vezes. Eu até gosto disso, gosto de humilhação, mas não sei pq aquela tinha sido humilhante no mal sentido da palavra, eu me senti um lixo. Mandou que eu chupasse, mas o pênis dele tava cheio de sabão e avisei a ele: NAO PERGUNTEI NADA CADELA, CHUPE!!! Obedeci, sentido o gosto do sabão na minha boca, ele desligou o chuveiro e me penetrou, comeu um pouco e mirou meu cuzinho, meteu com força, sem brincar nem nada, eu gritei e ele metia com força, comecei a chorar alto e ele me perguntava se estava doendo, eu dizia que não, ele falava pra nao mentir, eu nao tava mentindo, tava gozando, por incrivel que pareça. Ele não acreditou e parou, mandou eu me lavar e esperar na cama me masturbando. Olhei meu rosto no espelho enquanto saia, nada parecido com o rosto seguro e feliz que entrou por aquela porta minutos atras, era um rosto inchado pelo choro, pelos tapas que tomou, triste e envergonhada.



Fiz o que ele mandou, porém não conseguia me concentrar no que fazia, minha cabeça estava em volta do que estava acontecendo. Dono logo saiu do banho e veio transar comigo novamente, mesmo com a situação ainda consegui gozar, ele deitou e mandou eu ir por cima, eu obedecia a tudo sem falar uma palavra, minha voz tinha sumido, cavalguei meu Dono sem olhar seu rosto, a primeira vez que isso acontece, passei o tempo todo olhando seu umbigo. Quando gozou me deitou em seu peito, beijando minha testa, as lágrimas escorriam do meu rosto sem fazer força, fiquei minutos deitada sentindo o calor dele. Ele me deitou na cama e me acomodou em seu peito me abraçando, não era a mesma coisa. Mandou eu fazer massagem nos seus pés, adoro fazer isso, fiquei uns 30 minutos lá, vendo pelo espelho ele dormindo tranquilo. Ficamos um tempo lá e ele mandou eu me vestir e o esperar la embaixo, ia ja me dirigindo ao banheiro quando ele me mandou eu voltar e deitar em seu colo, pegou a cinta de novo, deitei e me senti como uma menininha sendo repreendida, ele dizia as minhas faltas cometidas me fazendo prometer não repeti-las e quando eu dizia SIM SENHOR, sentia o estalar ardido da cinta na minha bunda, não contei quantas mas muitas. Prometeu me tirar sangue da próxima vez, ele não estava brincando. Mandou eu beijar seu pés, beijei e lambi cada dedinho dele, mandou eu ficar deitada no chão frio nua enquanto ele tomava banho. Como eram as coisas, em outra situãção eu adoraria aquilo, mas dessa vez era muito humilhante. Ele voltou do banho, me colocou de quatro na cama e me comeu mais uma vez, terminando mandou eu me arrumar e esperar na embaixo. Tentei dar um jeito na minha aparencia mas nao tive muito sucesso, as recepcionistas do motel ficaram olhando pra mim, no mínimo estranhando a minha feição tão diferente de quando entrei.




Dono me levou até metade do caminho de casa, falei muito pouco pelo caminho, minha cabeça rodava, minha pele ardia, meu coração sangrava de arrependimento por ter deixado meu Amado Dono tão irado, em 11 meses foi a primeira vez que o vi daquela maneira, e vou fazer de tudo pra que seja a última.





"Dono, sinto muito pelas falhas que cometi, peço perdão com o coração em pedaços. Esqueci meu lugar, meu lugar de sua sub, sua cadela, sua propriedade e acabei por me eceder em palavras e pensamentos. Estou muito envergonhada e arrependida, afinal não posso me esquecer nunca que a 11 meses atras eu me entregava a ti, de corpo, alma e coração. Nada mais me pertence, nem meus pensamentos, todos são seus e durante todos esses 11 meses tem cuidado deles perfeitamente como o Dono cuidadoso, zeloso e amoroso que és, não posso deixar de agradecer nem um segundo sequer a Deus por te-lo colocado em meu caminho e lhe agradecer por ser meu Dono e por fazer parte da minha vida por completo. TE AMO MEU SENHOR, TU ÉS A MINHA VIDA." De sua cadela de hoje e sempre.





{Selena}_DOM MARCOS

sábado, 23 de julho de 2011

DEPENDÊNCIA

Desde que iniciei no BDSM, poucos mais de 4 anos (nossa como o tempo passa...), sempre ouvi dizer que o Dono deve representar tudo na vida de sua escrava, que ela não absolutamente nada sem ele. E certamente como uma aluna aplicada segui a risca isso com os poucos Donos que tive, me reduzi a quase nada e passei a viver em função deles, do prazer e bem estar deles em exclusividade, e durante esse tempo consegui certa felicidade e satisfação em acreditar que estava cumprindo meu papel de escrava direitinho, conforme me ensinaram.





Só que eu sempre me questionei se isso estava certo, vi vários relacionamentos SM onde as subs acreditavam piamente que seus Donos eram o ar que respiravam, o alimento que as mantinham vivas, o pilar que as sustentavam em pé, isso ficou tão fixo em suas mentes que isso passou a ser suas realidades, estavam vivas graças ao seus Donos. Lindo, não é mesmo? Em poesia pode até ser, mas na vida real acho um tanto assustador. Já vi subs que quando os relacionamentos porventura acabavam eram como se elas tivessem caido dentro de um poço sem fundo sem forças, meios ou até mesmo vontade de sair dele, como se estivessem mortas mesmo, e algumas chegam ao ponto de desejarem isso na forma mais básica da palavra. Cruzes!!! Não vejo a dependencia com bons olhos, gosto de ser independente.





Alguns vão dizer: Nossa, que Dono é esse que faz sua escrava ser independente? Mas eu sou, pq ele não é o meu ar, não é meu alimento e nem é o pilar que me mantem em pé. Ele me guia, me faz acreditar que sou Dona de minhas vontades, e minha vontade é pertencer a ele, minha vontade é servir a ele, ele é parte da minha vida, parte de mim, parte de minha felicidade, não é elemento principal de nada disso. Ele me completa, simples assim!!!




Não acredito que a dependencia seja algo saudavel em nada na vida, especialmente numa relação, pq isso creio eu faz a pessoa deixar de acreditar em si mesma, acreditar que o que faz ou tudo que é, acontece somente em razão daquilo que é dependente, a auto estima não existe. Não vou falar que já nao fiz parte desse clubinho, fiz sim e durante muito tempo, e hoje eu posso dizer com todas as letras que eu não era uma submissa feliz, tinha medo de falar, de agir, até mesmo de pensar...uma tortura psicológica constante. Não sou masoca, muito menos esse tipo.

Hoje sim me sinto uma submissa completa, encontrei o ponto de equilibrio da minha relação e estou radiante com isso. E com esse equilibrio continuar dia após dia junto ao meu Dono fortificar ainda mais nossa relação e nos tornar cada vez mais felizes

segunda-feira, 18 de julho de 2011

SOU TUA















Sou tua
Maria Lucilia Cardoso

Sou tua,
Entre cochichos e segredos,
Meu ser se integra ao teu,
Somos firmes elos livres dos medos.

Sou tua,
Uma mariposa que em torno de tua luz voa.
Um rio cristalino que mansamente corre ao mar,
O sibilar do vento que aos cantos ecoa.

Sou tua,
Dona de teus sonhos a luxúria das fantasias,
Sou o mistério que te enreda – te atiça
Envolto no véu de minhas poesias.

Sou tua,
Nos gemidos – nos sussurros de amargura,
Pelos desejos a muito contidos,
Sou frágil limite – sanidade e loucura.

Sou tua,
Como o é da tempestade a calmaria,
Como as estrelas que prenunciam à madrugada,
Como o alvorecer anuncia um novo dia.



sábado, 9 de julho de 2011

As surpresas nunca acabam...



Essa semana eu agradeci muito a Deus por não ter problemas cardíacos, porque se tivesse, certamente não estaria fazendo esse post agora. Tudo por conta da surpresinha que meu Amado Dono, DOM MARCOS, deu me de presente essa semana.




Não tenho dúvidas da minha posição em relação ao meu Dono, sei bem quem manda e quem obedece, lógico que tenho minhas fraquezas, coisas que ainda são difíceis pra mim, meu Dono conhece cada um deles de cor e salteado, aliás acho que às vezes ele me conhece melhor que eu mesma, e sabe bem trabalhar meus desejos e medos de forma saudável. Vejam o que ele me aprontou essa semana.




Dono vem falando muito esses tempos sobre me alugar a um estranho. Sim!!!Me fazer uma garota de programa por uma vez. Não sei se sou um et mas isso já fez parte de minhas fantasias sexuais e meu Dono bem sabe disso. Mas venhamos e convenhamos que fantasiar e por em prática é uma distância gigantesca e que muitas vezes quando a realidade chega você chega a conclusão que a fantasia era muito melhor. Mas na minha cabeça eu tinha a certeza nua e crua que ele não teria coragem de fazer tal coisa, levando em consideração que meu Dono morre de ciúmes de mim.





Mesmo assim Dono pediu que eu o encontrasse essa semana num hotel que eu sabia que era ponto de garotas de programa e que fosse com roupas provocantes. Até ai tudo bem, já haviamos nos encontrado nesse hotel e nada demais aconteceu. Só que dessa vez eu cheguei primeiro, e logo que cheguei recebi um torpedo do Dono me dizendo pra aguarda-lo na recepção que estava chegando. A recepção é onde as meninas ficam esperando seus clientes...Ai meu Deus!!!




Cheguei e tinha apenas uma GP certamente esperando o seu cliente, disse a recepcionista que estava esperando meu namorado e ela pediu que aguardasse ali mesmo, ao lado da moça.



Que vergonha!!!! Ela me olhava de cima abaixo, os homens entravam lá e ficavam medindo nós duas. Certamente escolhendo qual levaria pro quarto. Meu Dono ficava mandando mensagens dizendo que tava chegando e que aproveitasse para provocar os homens dali com olhares e ensinuações, mas tava toda sem jeito olhando desesperadamente para a entrada da garagem procurando o carro do Dono, mas nem sinal do dito, eu estava ficando apavorada. Pensava: "E se algum deles me abordar? Se vier me perguntar quanto é o programa? Claro q poderiam fazer isso, afinal eu estava no local de trabalho delas!!!




Que sufoco!!! Devo ter ficado lá uns 30 minutos, angustiantes 30 minutos, até que recebo uma mensagem do Dono me mandando ir a um determinado quarto que havia um cliente me esperando e que eu me comportasse como ele havia me orientado. O que? Ele só pode estar brincando comigo!!! Mas logo em seguida outra mensagem em letras garrafais OBEDEÇAAAAAAA. Fez me colocar o rabinho entre as pernas e me dirigir ao quarto indicado por ele. Nunca fiz um caminho tão curto em tanto tempo, eu caminhava a passos curtos na esperança que ele mandasse outra mensagem mandando eu voltar pra trás, só que ela não veio.




Cheguei a porta do quarto e bati, lá de dentro ouço uma voz dizendo: Entre!! acho que fingi não ouvir e bati de novo: Entre!!!Uma voz mais grave. Entrei toda sem jeito de cabeça baixa, eu mesma não acreditava no que estava fazendo. Como o Dono faz isso comigo!!! Pelo espelho em frente a cama vejo que tem alguem deitado na cama, mas não tenho coragem de olhar. Entro e fecho a porta, criando coragem de olhar para o homem que me alugou por aquela noite. Quando olho pra cama. Quem era? Meu Dono nu na cama morrendo de rir da minha cara. AIIIIII Q RAIVA!!!QUE VONTADE DE MATAR!!!!





Mas que alívio, obviamente eu tive que fazer um serviço completo de uma garota de programa, porém o meu cliente não precisa pagar nadinha pelo serviço, não precisar negociar nada, afinal sou totalmente dele e comigo ele faz o que quer. Mas ele não deixou de soltar um comentáriozinho que fez sua cadelinha tremer.



"Hoje não foi, mas um dia pode ser!!!." Espero que demore muito.........



sábado, 2 de julho de 2011

AMOR PROFANO





Sentimento profundo que meu coração queima,
Vazio de uma alma acorrentada a um destino,
Destino dos que não podem aportar em lugar seguro,
Por terem nesta vida um amor profano!
O é profano por ser chama ardente,
Por ser água a correr contra a correnteza,
Por não ter a liberdade precisa,




Por não poder voar entre almas com leveza.
Vagueia sem rumo... sem destino,
Não tem alicerces nem arrimos,
Vive somente de fagulhas de esperança,
Tentando das montanhas alcançar os cimos.
Quer luar... quer estrelas,
Quer dividir todas as alegrias. A pureza de cada instante.
Não vê entre o caminho tortuoso que trilha,
O horizonte encantado... ele lhe é muito distante.
O peito se oprime lentamente,
Gritando pela paixão que sente.
Banha seu mundo com lágrimas,
Quer poder transformar tudo rapidamente.
Não consegue... é um sentimento profano,



Não tem direito a felicidade,
Pela qual anseia loucamente,
Busca soltar as amarras... tirar as algemas,
Deseja entregar se por completo... plenamente.
Mesmo sabendo não ser livre nesta vida tão incerta,
Sabe dentro de si que será verdadeiro eternamente.
È sim um amor profano,
Mas dá luz há dias tão escuros,
Dá sentido real ao fictício.
Renova a esperança nos sonhos a muito relegados!
Quero-te... Aceito-te amor profano,
És a razão do meu continuar,
És a minha promessa de eternidade,
É todo o significado do verbo amar!


By Maria Lucilla Cardoso

domingo, 19 de junho de 2011

NEM TODO DIA É DIA DE SORRIR





Estou de volta ao meu cantinho, normalmente aqui é onde escrevo sobre o meu amor ao meu Dono, DOM MARCOS, é onde venho estravasar toda minha alegria em ser dele, os nossos momentos de submissão e prazer mas infelizmente hoje não é essa alegria toda que toma conta do meu corpo.


Estamos juntos sim e mais que nunca, e o amo ainda mais e mais, porém conflitos pessoais e problemas familiares tem me atormentado e me tirado a ânimo pra qualquer coisa, essa semana devia ser de muitas comemorações, em circunstancias normais teriamos festa quase todos os dias, primeiro o dia dos namorados, pois além dele ser meu Dono e Senhor ele também é meu namorado, depois o meu aniversário, comemorei meus 31 anos e depois o aniversario do meu Dono (essa é a mais especial de todas). Mas não houve comemoração alguma, eu tava muito triste pra isso, meu Dono tenta incansávelmente me animar todos os dias, todos os minutos que pode tentando me arrancar a tristeza do coração, e eu admiro e agradeço a cada gesto e palavra que ele me presenteia com o intuito de me ver sorrir. Cada lugar onde me leva para que nem que seja por algumas horas desviar a minha atenção da tristeza e me divertir um pouco.







Mas tem coisas que fogem ao nosso controle, coisas que acontecem e que não pudemos evitar não temos como consertar e a unica coisa que resta é aguentar as consequencias de nossos atos mesmo que julguemos não sermos os culpados de tal situação. É nessa situação que me encontro, livre de culpa porém pagando preços altos por algo que não fui responsável. Espero poder com a força de Deus e o apoio incondicional do meu Dono e Senhor me livrar da tristeza que me encontro hoje, tirar essa dor profunda que me rasga o coração e voltar a sorrir não pra agradar mas pq tenho motivos pra isso. Tenho certeza que vou tirar forças não sei de onde e me reerguer, por isso peço a compreensão dos meus amigos e seguidores tanto do meu blog quanto do orkut que entendam o motivo pela qual não tenho postado ultimamente e nem tenho respondido ao recados que carinhosamente me enviam no orkut, peço desculpas a todos mas estou sem cabeça pra nada no momento, mas espero que dentro em breve estar de volta esbanjando somente o amor e a dedicação ao meu Dono.




Obrigada a todos pelo carinho


Beijos


{Selena}_D.M.